JUVENTUDE TABAJARA

O Departamento Juventude Tabajara foi criado em 25/12/1952, visando a educação e o aprimoramento moral, físico, social, mental, espiritual, desenvolvendo os conhecimentos Culturais, Esportivos e conhecimentos como: bordado, pintura, teatro, musicalização e outros,  das crianças e jovens.

O Departamento Juventude Tabajara tem a missão de promover, de forma permanente, a Evangelização da infância e juventude sob sua esfera de influência, objetivando educar e iluminar as mentes infanto– juvenis através da Alta Filosofia Espirita e dos Princípios da Umbanda Tabajara.

É de competência do Departamento Juventude Tabajara a formação e reciclagem de Evangelizadores e monitores, para as tarefas da Juventude Tabajara e em outras instituições, quando convidados, para intercâmbios e trocas de experiências e, avaliação dos trabalhadores convidados para atividades afins.

 

DIAS DE REUNIÃO

- Todos os sábados, a partir das 9h.
 

INTRODUÇÃO

REGIMENTO INTERNO

A Juventude Tabajara foi idealizada e criada a 25 de dezembro de 1952, pelo espírito irmão Rosas, manifestado na venerável A.R.A. da O.S.T. Maria de Lourdes Poyares Labuto. O departamento Juventude Tabajara, por ordem do irmão Rosas, no último Sábado de fevereiro de 1953, realizou uma eleição dentre os jovens e crianças presentes, assistida por diretores da Fraternidade Tabajara. A eleição se procedeu entre os juventinos, com a máxima precisão, clareza, harmonia e os votos foram apurados pelos irmãos diretores presentes, dando o seguinte resultado pleno: para presidente da Juventude Tabajara, eleito por unanimidade o juventino Álvaro Labuto Filho, com apenas 12 anos de idade, vice-presidente: Oliman Glaucy Carneiro de Paula, 1º secretário: Carlocy da Silva Maciel. 2º secretário: Eliphas Carneiro de Paula, 1º tesoureiro José Carlos Labuto, 2º tesoureiro: Marco Antônio Labuto, bibliotecária: Maria de Lourdes Labuto, conselho fiscal: Alloysio Jalles Junior, Hudson Carneiro de Paula e Yulacy Carneiro de Paula. É de se notar que essa distinta diretoria foi toda composta de crianças úteis e boas. O irmão Alvaro Labuto Filho começou logo na atividade e durante todo o decurso de seis anos consecutivos foi presidente e exerceu todos os cargos, pois trabalhou por toda a diretoria, num esforço considerável, tudo debaixo de uma característica real de um garoto apenas, que vem no crescendo da idade, crescendo também, as obrigações escolares, de rapaz e cidadão. O rapaz humilde e abnegado, sobressaiu-se pela correção atenciosa prestada e a vontade firme de cooperar, deixamos impressas nestas páginas sagradas, o voto de louvor ao jovem Alvaro Labuto Filho, que junto aos seus colegas de diretoria do departamento, deram o impulso inicial formidável à Juventude Tabajara. É o seguinte o grupo considerado pioneiro deste departamento: Álvaro Labuto Filho, José Carlos Labuto, Marco Antônio Labuto, Oliman Glaucy Carneiro de Paula, Eliphas Carneiro de Paula, Hudson Carneiro de Paula, Alberto Labuto,  Carlocy da Silva Maciel, Eliezer Maciel, Camilo Flamarion Santos (sexo masculino). Lascivan da Silva Maciel , Mariza de Souza Maia, Maria da Glória de Souza Maia, Maria Izabel Labuto, Yara Labuto, Maria de Lourdes Labuto, Yulacy Carneiro de Paula, Jesualda Cardoso e Edna da Silva Maciel (sexo feminino). Ao jovem Álvaro Labuto Filho, em sessão da diretoria da Fraternidade Tabajara; foi concedido o título de presidente de honra da Juventude Tabajara, em honra ao seu valor de cooperação no início da constituição da Juventude Tabajara. Após a aprovação dos estatutos da Fraternidade Tabajara em novembro de 1956 a diretoria deste departamento teve seu mandato prorrogado até fevereiro de 1959, quando o irmão iniciado do segundo grau da O.S.T.  Álvaro Labuto Filho enviou carta ao conselho deliberativo da diretoria da Fraternidade Tabajara  expondo motivos justos pelos quais não poderia ficar mais na presidência, por seus estudos, trabalho e vida social humana. Em dezembro de 1964 o irmão Rosas manifestado na venerável A.R.A. da O.S.T. Maria de Lourdes Poyares Labuto convocou o menino Luiz Augusto Labuto para assumir a presidência deste departamento. O então iniciado mais jovem da O.S.T. dedicou-se aos trabalhos da Juventude Tabajara, dentro de uma evolução bem direcionada, tendo progredido dentro da O.S.T. , sendo hoje venerável L.R.T. da O.S.T. , e por intermédio do qual transmitimos as diretrizes para a O.S.T., O.S.M., e  todos os departamentos da Fraternidade Tabajara. Com o decorrer dos anos, assumindo também a função de médium-chefe da Umbanda Tabajara; vendo-se impossibilitado de continuar suas funções de presidente da Juventude Tabajara, por excesso de atribuições assumidas em todos os setores da Fraternidade Tabajara, realizou uma eleição dentre juventinos, sendo para o cargo de presidente indicada pelos demais juventinos a menina Miriã de Lourdes Labuto Araújo. Nessa ocasião foram também preenchidos os demais cargos da diretoria do departamento. A Juventude Tabajara procede eleições regulares para a sua diretoria desde então. Louvamos a Deus pela graça de termos crianças que vem se dedicando a consecução das diretrizes destes trabalhos da Juventude Tabajara.

 

 

1)       A juventude Tabajara é regida pelo conselho deliberativo da diretoria da Fraternidade Tabajara e por este regimento interno, constante do ritual litúrgico e esotérico, esse livro sagrado.

2)       Tem por ideal e finalidade a educação e aprimoramento moral, físico (social e mental), e espiritual das crianças e jovens que à Juventude Tabajara se filiarem.

3)       A Juventude Tabajara possui três setores de atividade permanente, com ações e trabalhos especializados a cada setor: A) um setor espiritualista, amplo, destinado a todos os juventinos sem exceção, dentro das diretrizes desse ritual litúrgico e esotérico. B)  um setor de trabalho, amplo, extensivo a todos juventinos visando a adaptação social e econômica do juventino na vida social e econômica na vida prática, desenvolvendo artes e ofícios, trabalhos manuais, corte e costura, noções de puericultura, arte culinária, dietética, dentre outros. C) um setor de publicidade e recreações, arte dramáticas, declamações, imprensa, rádio, televisão, cinema, teatro, música, esportes, e outros. Este setor é diretamente auxiliar do jornal O Tabajara, das festas e apresentações perante o mundo social dentro e fora da Fraternidade Tabajara, todas atividades com o intuito educativo. Da Assistência Social – A Juventude Tabajara é sempre privilegiada em todos os recursos de sanidade, higiene, assistência médica-odontológica que a fraternidade possua ou venha a possuir. Possui cadastro de todos(as) juventinos(as) estando apta a fornecer aos declaradamente pobres de finanças, os recursos que a Fraternidade Tabajara possa prodigalizar.

O pedido de registro no quadro de juventinos(as) é feito pelos pais ou responsáveis legalmente pelo(a) menor. Constam dessa requisição: a) nome completo e data de nascimento, b) nomes dos pais e responsáveis legais pelo(a) menor, c) endereço residencial completo, d) um retrato ¾ para fichário , e) os pais ou responsáveis assinam no livro de registro de juventinos, f) reserva-se ao conselho deliberativo a aceitação ou não da inclusão do(a) menor no quadro de juventinos(as).

 

Das Obrigações dos Juventinos(as)

 

1)    Freqüentar as sessões da Juventude Tabajara estipuladas por sua diretoria.

2)    É útil a presença dos pais ou responsáveis às sessões da Juventude Tabajara.

3)    É correto(a) e atencioso(a) e obedece aos programas organizados para as suas sessões, bem como os das demais sessões de outros departamentos a que esteja presente.

4)    Está presente no horários determinados para as atividades do departamento devidamente uniformizado(a) e com os apetrechos necessários à natureza de cada atividade.

5)    Sabe entoar o Hino da Juventude Tabajara, o Hino do irmão Rosas, o Hino da Fraternidade Tabajara, a Ave Maria e procura aprender os cânticos ou hinos que lhe forem ensinados.

6)    O(a) Juventino(a), sempre que puder, dever comparecer ao Ofício Religioso de Umbanda, celebrado dominicalmente no Tempo Tabajara. Deve comparecer às sessões de comemorações em que pode tomar parte (datas cívicas e religiosas).

 

Podem ser admitidos, mestres, técnicos com competência precisa que saibam ensinar habilidades práticas e úteis a(o)s juventinos(as). De preferência que essas pessoas sejam irmã(o)s componentes dos demais departamento da Fraternidade Tabajara. Os trabalhos por elas executados serão gratuitos, salvo, quando não for encontrado(a) tais irmã(o)s; poder-se-á contratar um(a) mestre, sendo remunerado(a) pela Fraternidade Tabajara. Essas pessoas se apresentarão nos horários e dias estipulados e obedecem ao regimento interno da Juventude Tabajara e cooperam para o bem dos(as) juventinos(as). Os materiais usados pelos(as) juventinos(as) podem ser fornecidos pelos pais ou responsáveis ou ainda adquiridos pela Fraternidade Tabajara, correndo as despesas por conta da Juventude Tabajara, caso haja reserva financeira para tal mister. Podem também ser obtidos por meio de doações. Todos os trabalhos manuais executados durante o ano serão expostos no Templo Tabajara, em dezembro de cada ano. Se os materiais empregados forem de propriedade do(a) juventino(a), eles retornarão à sua posse ao término da exposição, salvo quando seus responsáveis doem os mesmos à Juventude Tabajara para deles fazer o uso que lhe aprouver.  Quando os empregados forem fornecidos pela Fraternidade Tabajara, a ela pertencerão, após a exposição, ou podem ser colocados à venda durante a própria exposição. Todas atividade da Juventude Tabajara deverão ser escrituradas e apresentadas à secretaria geral da Fraternidade Tabajara , ao término de cada ano administrativo; sendo uma cópia enviada ao presidente honorário da Juventude Tabajara. Todas as atividades da Juventude Tabajara serão divulgadas através do jornal O Tabajara. Poderão ser estipuladas mensalidades-donativo de contribuições dos juventinos, para fazer face às despesas do departamento. Os uniformes dos(as) juventinos(as) poderão ser confeccionados a critério, desde que sejam distintos e apresentáveis socialmente, sempre contendo o emblema da Juventude Tabajara, conforme a seguinte descrição: Um triângulo azul-rei, tendo na base a iniciais J.T. em amarelo-ouro e acima um trevo de quatro pétalas na cor verde e no meio deste trevo uma cruz branca.

Poderão ser confeccionados em metal, para serem apostos às vestes.

 

São datas especiais da Juventude Tabajara: 8 de dezembro, Conceição de Nossa Senhora, 13 de dezembro, Tia Bonifácia, 25 de dezembro, Natal de Jesus e data da criação da Juventude Tabajara, 1º de janeiro, confraternização universal, 2 de fevereiro, fundação da Fraternidade Tabajara, Sexta-feira Sagrada, Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, Domingo de Páscoa, ressurreição de N.S. Jesus Cristo, 9 de junho, dia do grandioso doutrinador Anchieta, 24 de junho, dia do patrono da Fraternidade Tabajara, João Batista e homenagem ao Mentor Pae João de Aruanda, 19 de julho, homenagem ao Mentor Tabajara, 25 de agosto, dia do irmão Rosas e do soldado brasileiro, 7 de setembro, data da pátria brasileira, 27 de setembro, dia de Tia Maria e dos Ibejis, 12 de outubro, descoberta da América, dia das crianças e da padroeira do Brasil, 15 de novembro, proclamação da república do Brasil, 19 de novembro , símbolo da bandeira brasileira e da autonomia da Fraternidade Tabajara  e as festas moveis do dia das mães e dos pais.

 

Das Cores Vibracionais: As cores vibracionais da Juventude Tabajara são: branco, ouro, azul e verde. O trevo de quatro pétalas é o emblema de alta magia além de ser uma firmeza do bem, para os juventinos simboliza a Entidade Rosa Cruz, da qual o irmão Rosas é o chefe perante a Fraternidade Tabajara. As letras J.T. significam: João e Tabajara, Juventude Tabajara e Juntos ao Trabalho. O triângulo é a Trindade Divina, é o número três, mágico a se repetir também na Juventude Tabajara.


Projeto Terra Planeta Água
data de publicação: 26/04/2012
autora: Yara Labuto

O projeto "Terra, Planeta Água" foi elaborado por  Yara Labuto para colaborar com a Fraternidade Tabajara em prol da valorização e preservação da natureza, em especial à preservação das águas  - dádiva suprema de Deus para os seres humanos, indispensável à vida no planeta Terra. Buscando a mobilização, participação e envolvimento  de todos os departamentos da Fraternidade Tabajara, de  seus freqüentadores e do público em geral no estudo, na pesquisa e na montagem de stands de exposição sobre a água em seus vários aspectos.

PROJETO: TERRA, PLANETA ÁGUA

DOWNLOAD DO PROJETO

© Fraternidade Tabajara.

Todos os direitos reservados.